PSICOPATAS CRIARAM O CRISTIANISMO

 

A começar pelo lázaro feliz lá no céu e o rico penando eternamente no inferno, Santo Agostinho e Tertuliano corroboram que o Cristianismo foi criado pelos mais sádicos psicopatas dos dias romanos.

 

Na parábola "O Rico e Lázaro" (Lucas, 16: 19-31), Abraão feliz na companhia do mendigo e observando o sofrimento do rico representa o pensamento cristão de que os que creem em Jesus vão estar lá no paraíso vendo os descrentes serem atormentados no inferno, conforme inescrupulosamente expressou  o famoso santo católico Tomás de Aquino: 

 

Para que os santos possam desfrutar de sua beatitude e da graça de Deus mais abundantemente, lhes é permitido ver o sofrimento dos condenados no inferno.” (Tomás de Aquino, 1225-1274, “Summa Theologica”).

 

Já imaginou que felicidade?!  Você é filho de um casal riquíssimo, mas destrói toda a riqueza que eles deixaram para você e se torna um mendigo.  Depois da morte, você vai ficar felicíssimo lá no céu observando seu pai e sua mãe sendo queimados no inferno!  É possível?  Só mesmo um psicopata é capaz de elaborar tal pensamento.

 

Para exemplificar melhor o caráter dos elaboradores do cristianismo, lembremos Tertuliano, um dos mais famosos apologistas do da religião cristã romana:

Ah, que cena magnífica! Como eu vou rir e ser feliz e exultar quando eu vir esses filósofos tão sábios, que ensinam que os deuses são indiferentes e que os homens não tem alma, assando e torrando diante de seus discípulos no inferno.”
(Tertuliano, “De Spectaculis”)

Outros crentes dizem que não há desculpa para quem não quer “aceitar Jesus”, já que a Bíblia está ao alcance de todos e as igrejas estão por toda a parte, de portas abertas. Dizem que têm pena dos que serão condenados mas que é a escolha deles. E que os milhões de descrentes terão uma surpresa muito desagradável no final dos tempos. Por mais que digam o contrário, a impressão que se tem ao ouvi-los é de que
estão esfregando as mãos de felicidade, na expectativa do dia da vingança.

 

Para amedrontar as pessoas e mantê-las na ignorância, nada melhor do que a parábola em questão: quando o rico pedia para deixar que Lázaro fosse à casa de seu pai avisar aos seus irmãos para eles evitarem ter seu triste destino, o imaginário Abraão teria dito: "Têm Moisés e os profetas. Ouçam-nos".  E assim aprenderam bem os cristãos, quando dizem: vocês têm a Bíblia mostrando toda a verdade; se não acreditarem, vocês vão para o inferno por livre escolha.  E assim fazem com que os fracos de espírito tenham medo até de ter dúvida.  E muitos acham melhor nem questionar as contradições e os absurdos que vêem na chamada palavra divina.   E nem pensam se seria possível ser felizes vendo seus entes queridos eternamente contorcendo-se dentro de chamas.

 

Ver mais sobre MALEFÍCIOS DA RELIGIÃO

 

..

.