.

.

 

PORQUE, POR QUE, POR QUÊ E PORQUÊ

 

Por que é porque, por que, por quê ou porquê?

- Por que tanto se escreve errado?

- Porque as regras gramaticais têm muitas exceções.

- Há muitas exceções por quê?

- O porquê das exceções é, muitas vezes, a consagração dos erros populares, resultantes do grande índice de analfabetismo.

 

Por que, na primeira frase, significa por qual motivo: Por que motivo (razão) tanto se escreve errado? Todas as vezes que você puder usar por qual motivo, deve escrever dessa forma.

 

Usamos por que, também quando poderíamos dizer pelo qual. Eis a razão por que (pela qual) estou escrevendo.

 

Porque, na segunda frase é uma conjunção causal: Devido às regras gramaticais terem muitas exceções (Visto que as regras gramaticais têm muitas exceções). Pode vir também como conjunção explicativa: Deve ter chovido aqui, porque o chão está molhado (pois o chão está molhado). Não pode, em ambos os casos, aceitar a substituição (por qual motivo ou razão). A expressão porque expressa sempre uma explicação ou apresenta uma causa.

 

Por quê, na terceira frase, tem a mesma função que na primeira, levando acento por estar no final da frase.

 

Na quarta frase, porquê é um substantivo, significando causa: A causa das exceções é a consagração dos erros populares.

 

Ver mais AJUDA GRAMATICAL

 

..