PARTICÍPIO REDUZIDO

 

Nossa língua contém uma porção de verbos nos quais podemos usar particípio reduzido (irregular), mas isso é exceção.

Em 1986, antes de me tornar funcionário público, trabalhei por quatro meses no escritório de uma construtora, onde havia um colega que gostava muito de particípio reduzido, usando-o onde não devia.

Em vez de dizer eu tinha trazido, ele dizia eu tinha trago; em lugar de eu tinha chegado, dizia eu tinha chego; fazia isso impropriamente com vários verbos. 

Um dia, chamou muito a atenção dos colegas, quando, querendo dizer eu tinha falado, disse: "eu tinha falo".

 

O particípio reduzido é uma exceção criada talvez por razão de eufonia, mas raramente pode ser utilizado em verbo na voz ativa, sendo quase sempre dito na voz passiva.

Exemplos:

Eu tinha imprimido os textos -  Os textos tinham sido impressos.

A polícia havia prendido o ladrão - o ladrão havia sido preso.

Ele tinha acendido a fogueira - a fogueira tinha sido acesa.

Eu tinha pegado uma fruta -  uma fruta tinha sido pega por mim (Essa forma é bastante usada, mas ainda é recusada por alguns especialista da língua, que preferem usar pegado mesmo na voz passiva).

 

Raros são os que admitem particípio reduzido na voz ativa, porém há os que já nem comportam particípio regular.

Exemplo: verbo escrever.  Nunca dizemos escrevido, mas sempre escrito.

 

Observação: o particípio passivo flexiona de acordo com o sujeito.   Mas o particípio ativo é invariável, terminando sempre com a letra o, como se pode observar em todos os exemplos acima.

 

Devemos tomar muito cuidado com essa redução do particípio, para não dizer coisas estranhas como fazia o meu colega.

 

Ver mais AJUDA GRAMATICAL

- -

BUSCA
Google

PROCURE NA CAIXA ABAIXO