A ORIGEM SAGRADA DO RACISMO -- 13/02/2003 -

 

O racismo contra os negros conta com uma grande força: a religião. Para muitos religiosos, os negros são amaldiçoados.

Não infância, eu ouvia uma lenda que informava que Após matar Abel, Caim se pintou de preto. Quando resolveu tirar a tinta do corpo, pulou dentro do rio, mas a água secou instantaneamente, e só saiu a tinta das palmas de suas mãos
e das plantas dos pés, e por isso os negros têm a palma da mão clara, porque são eles os descendentes de Caim. Dizia-se que isso era o sinal que o deus Yavé teria posto em Caim.

Mas comecei a questionar tal conto, quando ouvi a outra estória: o dilúvio universal. Se no dilúvio só se teriam salvo Noé, a esposa, seus filhos e suas esposas, os descendentes de Caim teriam morrido na grande inundação, não podendo os negros serem descendentes do primeiro homicida.

Posteriormente, um ministro religioso apresentou-me outra versão para a origem dos negros: O filho mais novo de Noé, o Cão, por rir de sua nudez quando Noé estava bêbado, teve sua descendência amaldiçoada (isso é bíblico), e, conseqüentemente, além de todos os problema recaídos sobre eles, ficaram negros e povoaram a África.
 

A maldição sobre os africanos aparece também no Manual Bíblico de Henry H. Halley:

 

Os descendentes de Cão seriam raças de servos; os semitas preservariam o conhecimento do verdadeiro Deus; as raças jaféticas haveriam de dominar vastíssima porção do mundo e suplantar as raças semíticas como doutrinadores de Deus. Foi cumprido isso quando os israelitas tomaram Canaã, os gregos conquistaram Sidom, e Roma capturou Cartago. Desde então as raças jaféticas têm dominado o mundo e se têm convertido ao Deus de Sem enquanto as raças semíticas têm ocupado posição de relativa insignificância, e as raças camíticas, uma condição servil. Foi uma admirável previsão da história. (Obra citada, pág. 74).

 

No século XIX surgiu o racismo científico, cujos adeptos procuravam, mediante comparação de crânios, argumentar que os negros eram inferiores aos brancos por terem mais semelhança com os símios. 

 

Mas o racismo com base na religião persiste até os nossos dias, e ainda vemos alguns evangélicos dizerem que os africanos são a descendência amaldiçoada de Cão, o filho de Noé.

 

Pastor e deputado Marco Feliciano: Africanos descendem de ancestral amaldiçoado por Noé. Isso é fato. O motivo da maldição é a polêmica.  Não sejam irresponsáveis twitters. rss, 31/03/2011

 

Essa é mais uma contribuição das religiões. Sendo a escravidão uma coisa decorrente de maldição lançada por um homem de Deus, por que não escravizar os africanos, como fizeram os europeus para explorar suas colônias?

 

Ver mais RELIGIÃO

 

..

.