VÁRIOS ERROS PORTUGUÊS GRAVES E MUITO COMUNS

 

A língua não é uma coisa tão simples. Já diz um dos especialistas da área no título de um livro: “TODO MUNDO TEM DÚVIDA, INCLUSIVE VOCÊ”.  Entretanto, há alguns erros graves que ouvimos constantemente  e que soam bem desagradável:

Nunca diga:

- Menas (sempre menos)
- Iorgute (o certo é iogurte)
- Mortandela (correto é mortadela)
- Mendingo (certo é mendigo)
- Trabisseiro (correto é travesseiro)
- Cardaço (certo é cadarço)
- Asterístico (correto é asterisco)
 - Meia cansada (certo é meio cansada)

E lembre-se:

- Mal é o oposto de Bem e é advérbio de modo  - mal feito ou bem feito.
- Mau é o oposto de  
Bom, é adjetivo - homem mau ou homem bom.

 

Trezentas gramas (a grama pode ser de um pasto). Se você quer falar de peso, então é O grama: trezentOs gramas.

- De menor, de maior (é simplesmente maior ou menor de idade).

- Beneficiente (beneficente - lembre-se de Beneficência Portuguesa)


- VASCULHANTE (O certo é BASCULANTE, aquela janela do banheiro ou da cozinha.   Parece que as pessoas pensam que a janela foi feita para vasculhar.

 

Se você estiver com muito calor, poderá dizer que está "suando" (com u) e não "soando", pois quem "soa" é sino!    "Soar" é do latim sonare, que significa emitir som.

 - A casa é GEMINADA (do latim geminare = duplicar) e não GERMINADA que vem de germinar, nascer, brotar.

- O peixe tem ESPINHA (espinha dorsal) e não ESPINHO. Plantas têm espinhos.  

- Homens dizem OBRIGADO
e mulheres OBRIGADA.

 

"FAZ dois anos que não o vejo“ e não “FAZEM dois anos”

- "HAVIA muitas pessoas no local" e não "HAVIAM”. 

Haver só flexiona como verbo auxiliar: eles haviam falado errado.
- "PODE HAVER problemas" e não "PODEM HAVER...."
(os verbos fazer e haver são impessoais!!)

- PROBLEMA, e não POBLEMA ou POBREMA.
Pobrema parece mais um distúrbio de pobre.

- A PARTIR e não À PARTIR.  Crase só se usa onde há preposição (a) e artigo ou pronome (a) simultaneamente.

 

-     O certo é HAJA VISTA (que se oferece à vista) e não HAJA VISTO.

- POR ISSO e não PORISSO (muito comum nas páginas de recado do orkut, junto com o AGENTE pode marcar algo... Se é um agente, ele pode ser secreto, aduaneiro, de viagens...)

A GENTE = NÓS

-      O certo é CUSPIR e não GUSPIR.

-      HALL é RÓL não RAL, nem AL.

 

Para EU fazer, para EU comprar, para EU comer, e não para MIM fazer, para mim comprar ou para mim comer...  
(mim não conjuga verbo, apenas "eu, tu, eles, nós, vós, eles")

 

- Você pode ficar com dó (ou com um dó) de alguém, mas nunca com "uma dó.


- CD-ROM - A pronúncia é igual a ROMA sem o A.  É muito comum ouvirmos pessoas dizerem CD-RUM.  ROM é abreviatura de Read Only Memory - memória apenas para leitura.

 

Ver no futuro

Não é
“eu vou ESTAR mandando”
“vou ESTAR passando”
“vou ESTAR verificando”

muito divulgado pelo pessoal do TELEMARKETING,

E sim

eu vou MANDAR
vou PASSAR
vou VERIFICAR

(muito mais simples,

mais elegante e CORRETO).

 

Da mesma forma é incorreto perguntar:
COM QUEM VOCÊ QUER ESTAR FALANDO?

- Veja como é o correto e mais simples: COM QUEM VOCÊ QUER FALAR?

 

Eu respondo às pessoas que se cadastram para receber novidades: “Você estará recebendo as novidades”, por que o recebimento será um fato a ocorrer repetidamente, o que não é o caso em relação às frases acima.

- Ao telefone não use: Quem gostaria?   Gostaria é forma do pretérito imperfeito do subjuntivo, de significado condicional.   É melhor perguntar: “quer falar com quem?”.

- Não use: peraí, agüenta aí, só um pouquinho (prefira: Aguarde um momento, por favor)

 

- Por último, e talvez a pior de todas: Por favor, arranquem os SEJE e ESTEJE do seu vocabulário (essas palavras não existem!!). O certo é SEJA e ESTEJA.

- Não é elegante você tratar ao telefone, pessoas que não conhece, utilizando termos como:
querido(a), meu filho(a), meu bem, amigo(a)... (a não ser que você esteja ironizando-a(o)).
Utilize o nome da pessoa ou senhor(a).

 

Ver mais AJUDA GRAMATICAL

 

..

.